sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

INSPEÇÃO PRÉ-VOO – SUA IMPORTÂNCIA

INSPEÇÃO PRÉ-VOO – SUA IMPORTÂNCIA.

Você esta iniciando no Aeroclube como Piloto Privado (PP) e acha que voar é como dirigir um carro, certo? ERRADO.

A aviação vai te ensinar desde cedo que existe regras que não podem ser deixadas de lado e uma delas é a da Inspeção Pré-Voo e faz parte de um universo maior...  manutenções.

Ela é muito importante pelo simples fato dela ser de sua responsabilidade, em qualquer aeronave que você vai voar, portanto.... não deixe de fazer, pois pode estar a diferença entre um voo seguro e um acidente.

Mais o que são  manutenções?

As manutenções são classificadas em Manutenção Corretiva, onde se corrige deficiências, fazer pequenos reparos em amortecedores, trem de pouso, vazamentos, etc.

A Manutenção Preventiva tem como principal objetivo prevenir falhas em equipamentos, remoção de motores depois de um certo número de horas, etc...

No caso das Inspeções existem as Periódicas e as de Pré-Voo, neste caso o serviço é bem simples sendo uma avaliação visual para ver se é detectado algum problema ou anormalidade, caso seja constatado é feita uma manutenção corretiva no avião, para somente depois ser liberado para o voo.

Inspeção Pré-Voo, ou onde o aluno entra: é de sua responsabilidade, claro, depois que o Instrutor de passar tudo.... como é feita, onde verificar as partes todas do avião.

Sempre você terá em mãos um Ckeck-List do próprio avião, geralmente do fabricante onde você terá que seguir todos os itens... bom não pular nenhum.

Qualquer anormalidade encontrada, por menor que seja, deverá ser passada ao Instrutor para que o mesmo veja se existe a necessidade de intervenção do mecânico, geralmente o instrutor conhece muito bem o avião que voa.

Geralmente a inspeção pré-voo você deverá fazer a drenagem do combustível (água no combustível), verificar nível de óleo do motor, check dos ailerons, verificar toda a estrutura da aeronave (asas também – faz parte), trem de pouso, possível vazamentos de óleo dos amortecedores, pressão dos pneus (sulcos, bolhas, desgaste, algum material estranho), hélice, profundor, leme de direção, 
parafusos, carenagem do motor, berço do motor, e outros itens que fazem parte do chek-list do avião.

Isso é o que se chama de inspeção externa do avião, deve ser feita de preferência somente o piloto, quando estiver habilitado para tal e não se “prender” a conversas ou distrações com pessoas ou telefone.

Pense em Segurança... Sempre...

Bons Voos.........