terça-feira, 13 de dezembro de 2016

PILOTO PRIVADO – COMO ENTENDER A AVIAÇÃO

PILOTO PRIVADO – COMO ENTENDER A AVIAÇÃO

Muitos candidatos a piloto dizem que tentaram mas não conseguiram ingressar no tão sonhado mundo da aviação, grande parte por causa do dinheiro, pois não achavam que seria tão caro e por isso tiveram que parar no “meio” de um curso, ou mesmo terminaram o Piloto Privado, mas o mundo de trabalhar como Piloto Profissional ainda estava distante.

Para que isso não aconteça, primeiro todos tem que entender esse “mundo” da aviação e ter a noção exata do que ele é.

Qual a conta que se faz... bom são 40 horas x o preço da hora de voo e bingo!! Já vou ser um Piloto.


Sim, você vai ser um Piloto, mas um Privado (PP) que vai te dar a habilitação para voar nos fins de semana, como fazer voos panorâmicos para o Aeroclube, voos com amigos, familiares e voar apenas voo visual e aeronaves monomotoras.

Mas e quando vou ganhar?! 

Neste caso somente com o Brevet de Piloto Comercial, mas antes de chegar a ser esses Piloto muita água (ou dinheiro) vai ter que rolar.

Mas vamos ao Piloto Privado.


Os custos de um Piloto Privado (PP), onde o curso Teórico é separado do prático.

Mas você deve começar a entender da seguinte forma: O curso de Piloto Privado (PP) é como você fosse cursar uma “boa” faculdade, sendo este curso através do Aeroclube ou mesmo de Ciências Aeronáuticas.

Custos: Primeiro alguns aeroclubes cobram mensalidades, outros não, você vai pagar pelo Curso Teórico + Material de Estudo (apostilas, réguas, computador, etc) + Exame Médico, feito em um local onde o Aeroclube indicar, somente através dele você consegue realizar o exame (claro que o custo do exame é todo seu) + custo da viagem para fazer o exame, se você não estiver em nenhuma capital onde tenha hospital da Aeronáutica ou outro local indicado.


Chegando ao final do Curso Teórico, você terá que pagar para fazer as provas na Agencia Nacional de Aviação Civil (ANAC), não esquecer - colocar o custo da viagem, geralmente feita em um dia (+ lanches etc).

Se você mora em uma cidade onde não tenha Aeroclube, normalmente eles tem alojamentos, geralmente o custo deste alojamento não é alto, mas você tem que bancar as refeições ( café da manhã + almoço + jantar) + viagens para casa no fim de semana, lembrando que você não começou a voar....

No curso prático – horas de voo – os custos, claro, aumentam... aquilo que sempre falam ...”aviação é muito caro”... é verdade!

Não existe ajuda do Governo em nenhum sentido, a não ser que você faça um concurso publico e tente ingressar em Escola Militar, neste caso o Governo paga para você estudar, mas só neste caso – é só ver o “post” sobre Academia da Força Aérea.

Bom, mas vi que não quero chegar muito longe, ser apenas um Piloto Privado (PP) ou mesmo ser um Piloto Desportivo?

Neste caso num futuro “post” estarei comentando sobre isso...

Veja outros “post” sobre ingresso na aviação...

Bons Voos...